Você está aqui: Página Inicial / Institucional / Notícias / Câmara de Piraí aprova abono salarial para servidores e novo valor do piso do magistério da Prefeitura

Câmara de Piraí aprova abono salarial para servidores e novo valor do piso do magistério da Prefeitura

por Eduardo publicado 14/03/2022 19h25, última modificação 14/03/2022 19h41

Os servidores públicos municipais de Piraí terão direito a um abono salarial de R$ 400 concedido pela Prefeitura. Além disso, o novo piso do Magistério passa a ser de R$ 1.923. As duas matérias de autoria do Poder Executivo foram aprovadas por unanimidade na Câmara de Vereadores, nesta segunda-feira (dia 14), em regime de urgência. 

O primeiro Projeto de Lei submetido ao plenário, de número 010/2022, menciona que parte do abono só foi possível ser disponibilizado diante da devolução no final do ano de 2021 de recursos oriundos da Câmara Municipal, presidida pelo vereador Alex Joaquim (PP). No total, o repasse aos cofres da administração municipal foi de R$ 1.760.387,67.    

“O esforço conjunto da Câmara de Vereadores, do Executivo e da nossa população na busca da melhorarmos a economia do município de Piraí é que vai refletir a oportunidade de avançarmos sempre nas questões voltadas a nossos servidores e em serviços cada vez melhores para nossa comunidade”, diz trecho do PL. “Mesmo diante de todas estas turbulências, estamos conseguindo reordenar nossas finanças, no sentido de garantir a prestação dos serviços disponibilizados aos nossos munícipes, deliberando que todas as medidas cabíveis, fossem adotadas para a concessão do mencionado abono, dentro das possibilidades do orçamento em vigor, sem comprometer os serviços essenciais que afetam diretamente nossa população”.   

Piso do magistério

Tema de grande repercussão no final de 2021 e início deste ano, após edição de portarias do Ministério da Educação que, inicialmente, causaram dúvidas e, posteriormente foi confirmada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), o piso do magistério de Piraí, com a aprovação na Câmara Municipal, terá seus efeitos financeiros retroativo a 1º de janeiro de 2022.