Você está aqui: Página Inicial / Institucional / Notícias / Vereadores têm encontro agendado com prefeito para debater reajuste de servidores

Vereadores têm encontro agendado com prefeito para debater reajuste de servidores

Reunião acontece no final da tarde desta terça-feira, na sede da administração municipal
 Vereadores têm encontro agendado com prefeito para debater reajuste de servidores

Secretários de Administração e de Fazenda não apresentaram estudo de viabilidade técnica

Atendendo iniciativa da Câmara, o prefeito de Piraí, Dr. Luiz Antônio (PDT), recebe nesta terça-feira (dia 15) os vereadores para debater a proposta de reposição salarial dos servidores do município. O encontro está marcado para as 17h, na sede do Executivo. Há três anos a categoria não recebe aumento.

No mês passado, os secretários de Administração, Paulo Maurício Carvalho de Souza, e a de Fazenda, Carmem Maria Coelho Barbosa Gomes, foram recebidos na Câmara por uma comissão de parlamentares. Ficou definido que um estudo de viabilidade técnica seria apresentado em um novo encontro, previamente agendado para o dia 7 de maio. O relatório, porém, não foi encaminhado aos parlamentares. “Tivemos várias indicações de percentual e agora a gente vai discutir com o prefeito uma possibilidade de reposição salarial para os funcionários. Todos os vereadores estão convidados”, explicou o presidente Mário Hermínio (MDB).

Na sessão plenária de segunda-feira (dia 14), a reunião agendada com o chefe do Executivo foi assunto predominante no discurso dos vereadores. “Tomara que o prefeito fale em coisa boa e de um reajuste decente para os funcionários. Espero dar uma notícia boa aos servidores na sessão de terça”, destacou da tribuna Alex Joaquim (PP). “Realmente, ao longo desses quatro anos, o funcionalismo público teve reajuste abaixo do índice inflacionário. Na verdade, se a gente for botar na ponta do lápis, há quase que 20% de perda salarial. Você imagina hoje o salário mínimo, em torno de R$ 1 mil, seria R$ 200 a mais no salário do funcionalismo. Realmente é uma perda muito grande, principalmente para a classe que recebe salário mais baixo. Espero que a gente chegue a um consenso junto com o prefeito”, relatou Dr. Ricardo Passos (PSD).

O vereador Darlei Gomes (MDB) falou sobre preocupação com a repercussão negativa com uma possível recusa da administração municipal em conceder reajuste para os trabalhadores. “Espero que não venham dizer, mais uma vez, que a Câmara é a culpada pelo não reajuste dos servidores”, antecipou. “Essa reunião está sendo provocada por esta Casa há uns dois meses. Já convidamos o secretário de Administração e a secretária de Fazenda. Eles vieram numa primeira oportunidade, onde disseram que não teriam condições nenhuma de dar um reajuste. Esperamos que o prefeito tenha uma notícia boa para a gente dar para essas pessoas que veem com os salários defasados há anos e passando dificuldades”, completou Júnior Rocha (DEM).

 

 

  

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.