Você está aqui: Página Inicial / Câmara aprova cinco requerimentos solicitando manutenção da Light em bairros de Piraí

Câmara aprova cinco requerimentos solicitando manutenção da Light em bairros de Piraí

por Eduardo publicado 26/11/2021 12h05, última modificação 26/11/2021 19h52
Serviço prestado pela concessionária voltou a ser questionado por parlamentares

O serviço prestado pela Light voltou a ser questionado na Câmara Municipal de Piraí. Na sessão plenária do último dia 22, cinco requerimentos foram votados solicitando a manutenção da concessionária em diferentes bairros da cidade.

O vereador Batata Segurança do Banco (DEM), por exemplo, pleiteia a poda de árvores embaixo da rede elétrica, na Rua Miguel Barbosa Leite, próximo ao número 597, no bairro Rosa Machado. O requerimento, segundo o parlamentar, visa a segurança dos munícipes que residem ou transitam naquela localidade.

“Atualmente, os galhos estão encostando na rede elétrica de alta tensão, podendo ocasionar acidentes e também prejudicar o fornecimento de energia às residências. Vira e mexe alguns curtos circuitos ocorrem”, justificou Batata.

O vereador João Máximo (PDT) foi autor de outros dois requerimentos direcionados à concessionária Light. Em um deles, é solicitada a manutenção, poda e retirada dos galhos das árvores que estão em contato com a rede, na Rua do Lago, no Caiçara. Outra solicitação apresentada em plenário pelo parlamentar visa a extensão de rede elétrica para beneficiar as famílias ao longo da Rua Projetada, no bairro Sanatório da Serra.  

Já o vereador Sena (PDT) lembrou as frequentes quedas de energia e o longo tempo sem reestabelecimento na região da Serra das Araras e adjacências. Para dar fim ao problema, foi requerida uma avaliação técnica da Light naquela região. 

No quinto requerimento apreciado pelo plenário da Câmara de Piraí, o vereador Xandeco (Republicanos) pede providências da Light para a substituição do poste de madeira existente na Rua Manoel Alexandre de Lima, 48, no bairro Asilo. As cinco proposições apresentadas foram aprovadas por unanimidade dos votos dos parlamentares.